Carine Seganfredo

O Frio Retrato da Solidão

Existe uma luz, uma energia que irradia cada um que tenta tocar,

A alma de quem canta, sente e sofre tentando se libertar,

Do ópio que se expande, a angústia que emana ás más energias deste luar,

Luar que é lar de muitos olhares, boêmios e lares, angustiados tentando se livrar,

Da dor que só a solidão pode acalentar,

Como um abraço quente daquele amigo que um dia vai nos deixar.

O que seria a solidão, se não um fardo ou um simples retrato,

Da vida tentando nos mostrar,

Que sempre existe alguém do nosso lado tentando nos acalmar,

Nas suas próprias dores que  um dia vieram reforçar,

O quão forte é a dor que o ser humano pode suportar.

  • Autor: Carine Seganfredo (Offline Offline)
  • Publicado: 9 de Setembro de 2020 18:25
  • Categoria: Triste
  • Visualizações:
  • Usuário favorito deste poema: Cledinei.

Comentários1

  • Cledinei

    Parabéns Carine, perfeito! ??????????????



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.