Helder Duarte

Vivo


Aviso de ausência de Helder Duarte
NO

Vivo, sim! Vivo neste existir, isso eu faço!
Os que para mim olham, pensam que vida, não tenho.
Mas neste corpo, de aparência toda fraco,
ao contrário, com força tanta me empenho...
A não ser um sem esperança, um coitado.
Luto por mim, e por ti com muito cuidado,
para que juntos possamos estar unidos,
A combater a causa dos oprimidos.
Luto para que haja um sentimento de vitória,
No do povo, valor que é a felicidade...
O mundo e o homem, clamam por liberdade !
Neste actual tempo, nesta hora!
Vivo e me esforço, para que mais verdade,
Tenham afinal, nosso mundo e Humanidade!


"Vivo feliz, não sei por que?
Seja nos bons momentos ou maus momentos...
Vivo Feliz!
Mas, zangados e mau humorado nos...
Maus momentos!
Pois, geralmente é quase 100% culpa nossa (Geral)!
Que não Si Cuida e Cuidar...
Desse Universo, que não tem o que fazer...
A não ser se Transformar em vidas (Brutas ou Não)
Para Viver e Sobreviver"



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.