Renas_2829

Azul de amor


É azul,
Azul de paixão,
Azul de paixao?
Sim, porque não?
Paixão pode ser de qualquer cor,
Paixão não é necessariamente
Apenas amor,
Paixão pode trazer calor
Paixão pode trazer dor
Paixão pode trazer amargor
Então vou pedir ao sol
Para me dar calor
Pois a minha paixão
É azul, mas é azul de amor
E eu, não quero perder
Nao quero ficar sem este calor
Digo ó sol
Por favor,
Não deixes morrer o calor
Deixa me continuar a sentir amor
Pois azul não é dor

  • Autores: Renas (Pseudónimo
  • Visível: Todos os versos
  • Finalizado: 20 de Fevereiro de 2024 18:30
  • Limite: 8 estrofes
  • Convidados: Público (qualquer usuário pode participar)
  • Comentário do autor sobre o poema: Manter o mesmo esquema rimatico, de resto sintam-se livres
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 10


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.