Lohan Poulain

Visões part I ... ( A morte )

Dei meus olhos 
aos corvos, 
Sonhos meus
neles há:
Como as trevas
em meu crânio
podem eles
devorar?
Já a vida 
é a sombra
Quem habita
meus fantasmas
Sou o que resta,
que se arrasta
Desde o verme 
té a traça 
eu sou a sobra
destinada
E a este nada
chamam "vida"
Quem por fim
Em mim culmina! ...

 

( por Christopher Bennett ou Lohan Poulain )

  • Autor: Lohan Poulain (Offline Offline)
  • Publicado: 15 de Setembro de 2023 00:35
  • Categoria: Gótico
  • Visualizações: 2


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.