luananascimento

Olhares


Lembro-me das longas conversas que tivemos, das nossas risadas, de como me sentia bem e o quanto você foi capaz de me ensinar sobre mim mesma. Às vezes, pergunto-me por que não fui capaz de viver esse amor. Mesmo depois de tanto tempo e de tantas coisas terem mudado, ao ti ver, meu coração disparou, minhas mãos ficaram frias... Como explicar isso? Bom, gostaria que tivesse respostas, mas tenho ainda mais perguntas. Em uma festa me peguei olhando em teus olhos e você nos meus, é como se naquele momento o tempo tivesse parado e a cor dos teus olhos castanhos amarelados estão marcados em meus pensamentos. Bastou apenas um olhar para que pudéssemos nos olhar repetidamente em todas as oportunidades possíveis. Cada um desses olhares tão profundos e marcantes mexeram com o meu eu. Há se esses olhares falassem, na verdade eles gritam desesperadamente pelo teu amor.
Hoje meu coração se entristece com a tua partida novamente, mas antes disso, pude pela última vez olhar em teus olhos, mas dessa eles estavam tristes e um tchau ouvir da sua boca.

  • Autores: luananascimento
  • Visível: Todos os versos
  • Finalizado: 15 de Setembro de 2023 20:00
  • Limite: 6 estrofes
  • Convidados: Amigos (usuários da sua lista de amigos podem participar)
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 16


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.