NothingGood

Apenas sonhos distantes

Os dias vão passando
Eu não me conformo
Em como tudo o que tento dizer
Soa apenas como sonhos distantes
Nessa realidade desbalanceada, fragmentada
Eu só queria ser, tudo o que eu quero ser
Sem vender
Minha alma

Mas os dias vão passando
E vou lidando
Com o que tenho falado, já que nada do que digo, parece bem interpretado
Tudo soa apenas como sonhos distantes
Nessa realidade desbalanceada, fragmentada
Onde eu só queria ser, o que eu quero ser
Sem vender
A maldita da minha alma

  • Autor: NothingGood (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 17 de Maio de 2023 10:51
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 5

Comentários1

  • Jakeline Isabel

    Seu poema me levou a pensar sobre o constante dilema em que todos vivemos, tentando satisfazer os nossos quereres sem nos perder de nossos princípios.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.