Harpyja

Antítese


Eu tento descrever consciente um verso
que no inverso do meu subconsciente
Está imerso.
Uma dúvida que me espanta realmente,
sou confesso.
Por que Deus não, simplesmente, desinventa o universo?


Talvez o seja porque,
a antítese desse reverso,
seja a síntese em manifesto,
da dialética de um ser controverso.


As muitas letras me fazem delirar
Síntese e antítese não se sustentam sem tese
Teu sorriso me remete à razão do universo
Meu argumento és tu, minha métrica absoluta
Uma rima que soluça
Minha frente e meu verso

Comentários2

  • Marcos Galvão

    Oh, universo pleno de desavenças,
    Hora escuro, hora brilhante e mesmo em lágrimas,
    Nos faz sorrir com novos dias,
    Por favor nos sustente nos teus braços,
    Nos segure pela alegria e paz!

  • Poemas de lipe

    Nascido na terra em meio temporal,
    Assim como uma flor nasce verão.
    Me machuquei com a ilusão de acreditar na realidade. Estou doendo tanto sem sentir uma só dor .



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.