Lucas Curty

Me perguntei

Hoje quando acordei, eu me perguntei; 
Porque tenho que sorrir se minha alma que desistir? 
Pensando assim que respondi a mim. 
Eu ainda vou sorrir, pois existem corações que eu não quero partir. 

Foi indo almoçar que fui me questionar. 
Para que me esforçar se meu corpo já quer parar? 
Foi lembrando mim que a conclusão idealizei. 
O esforço e para saber que no futuro não vou me arrepender. 

Foi chegando no jantar que fui pensar. 
Será que eu ainda sei amar? 
Não queria me decepcionar, por isso tento melhorar. 
Pois eu gostaria de parar de magoar as pessoas cujo venho a amar.

Na cama eu me deito e na noite estou a pensar 
Porque eu ainda continuo a respirar? 
Essa eu não sei responder, então venho a chorar 
Mas por algum motivo eu ainda não posso parar.

  • Autor: Luck (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 24 de Janeiro de 2023 19:57
  • Categoria: Reflexão
  • Visualizações:

Comentários2

  • Maria dorta

    Boas reflexões mas,não se deixe vencer pela tristeza nem pela falta de respostas a suas interrogações. Olhe ao seu redor, ajude alguém que te pede comida, visite um amigo,procure um parente e verás que essas angústias estão em.muita gente. A poesia ajuda! Se jogue nos poemas,desabafe,melhore e...sorria. Sorrir mesmo sem motivo faz bem,!

  • ju_julia

    Muitas vezes a vida não faz sentido... o bom de se dar conta disso é que nós podemos dar sentido à ela. Espero que encontre o seu 🙂



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.