Descobridor de si

Palavras de absolvição

Perdão, talvez as palavras não saiam como deveriam meu amado 

Talvez eu deveria ter escrito para você a muito tempo  

Tempo esse que gerou e transbordou coragem para lhe escrever  

Contudo, nem tanto, pois minhas mãos estão trêmulas enquanto componho  

Talvez a vida tenha me mostrado de modo forçado o que eu perdi quando deixei você ir embora 

Choro de pensar quanto tempo eu perdi longe de você, estou pensando

A vida sem ti não faz sentido 

O sorriso, a alegria, a força de vontade por tanto tempo reprimida e sem brecha para aparecer  

Realmente não coloco a culpa sobre seus ombros, ela é toda minha  

Porém, venho aqui para suplicar sua anistia e pedir para que retorne para mim 

Clamo sua mente, seu corpo, sua arte de todas as formas e sua vontade de viver que sempre me fez feliz 

Reivindico sua presença em todos os momentos, bons e ruins 

Nunca esqueça que eu estou aqui para você, te amo de todas as formas 

Ass:  

  • Autor: Descobridor de si (Offline Offline)
  • Publicado: 23 de Janeiro de 2023 19:51
  • Categoria: Amor
  • Visualizações:


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.