Marcos Cunha

Fascinação

O sol anunciava a sua retirada para iniciar

a leveza de uma noite diante da beleza 

estampada pela potente força da natureza

em nos mostrar que tudo tem um tempo 

dentro da linha desse infinito tempo.

Eu quisera ter algum poder para transpassar essa linha 

e comtemplar sem qualquer restrição o quão grande

é o amor estampado em cada detalhe desse anoitecer .

A lua, as estrelas, o firmamento querendo nos dizer

que sem a ação divina, nada do que se fez teria

tanta perfeição. 

Assim como o amor que flui dentro do meu coração

quando tenho a oportunidade de saber que o mesmo só pulsa

para me fazer compreender a grandeza daquilo

que faz total diferença em meu viver.

Tenho por você o mesmo amor e carinho que tem o sol 

ao entregar no brilho da lua a beleza que ele, mesmo ausente

a ilumina de onde ele estiver., assim é o brilho que trago 

dentro do peito a te iluminar com meu amor e carinho

sempre pronto a me entregar para que a cada noite

posso te amar com o mesmo resplendor do brilho 

do amor que irradia ao te encontrar.

Meu coração é o seu sol e você minha lua

Juntos somos o resplendor da natureza sempre

procurando nos proporcionar a necessidade 

de vivermos na harmonia de um amor sem par. 

 

 

 

  • Autor: Marcos Cunha (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 25 de Novembro de 2022 16:21
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários2

  • LEIDE FREITAS

    Belo poema. Bela metáfora!
    Até breve!

  • Marcos Cunha

    • Marcos Cunha

      Te agradeço pelo comentário. Muito obrigado



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.