LF Text

A Paz no Universo

Cápsula, vidro, tanques de oxigênio, estamos pendendo no ar
Estamos no universo, mas não se engane, aqui tudo é possível, imagine e aprecie 
Meus pés, tocando uma água rasa que se espalha pelo horizonte 
Aqui, há apenas árvores, você pode descansar onde quiser

E nesse mesmo lugar, o sol não arde e as noites não são frias 
Não há sede, não há fome, apenas o necessário para satisfazer a paz de espírito 
Mudamos o lugar, voltamos para suas lembranças que queria sentir
O sorriso de alguém, o abraço caloroso, dias despreocupados, respire, sinta a tranquilidade percorrer o seus sentidos

Viramos para a noite, com um campo vasto de grama, sentamos de baixo de uma árvore 
A sua melhor companhia, junto de você, não é legal? Não passa um sentimento caloroso?
Contar estrelas, falar dos sonhos, sentir momentos que não vivia mais
Não se preocupe, viva o agora, amanhã é outro dia 

Aquela voz que te perturbava, sumiu, foi substituída por outra que aquece seu coração 
A luta diária, foi deixada de lado, a dor, acabou
Esse lugar, esse espaço, deveria ser nosso, mas é momentâneo da mente
Quanto a mim? Apenas um narrador, a fuga da realidade, é um dos melhores lirismos 

E eu prefiro repousar minha cabeça, no colo de quem me guardou
A minha paz, é específica, já que eu nunca vi o rosto de quem amei 
Sou um cometa em transição, passando por várias órbitas
Tentando achar a que se encaixa comigo, mas, por enquanto, prefiro ficar na paz que esse universo me trás....

 

  • Autor: Lucas F. (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 9 de Novembro de 2022 20:10
  • Categoria: Fant├ístico
  • Visualizações: 5

Comentários1

  • PB Almeida

    Muito bom. Senti dentro de mim, o impossivel e o desejado. Parabens!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.