Lisemarie

Pleno

 

 

Entre corridas e tropeços

Em atropelos e acertos

É que o nosso amor se inaugura

 

E nos enlaça um sublime azul ternura

Num mundo em que sonhos vestem levezas

Em palavras que nunca ouvi ou imaginei

Em afagos que sempre desejei

No amar que é delírio inteiro, feiticeiro

   No perder-se em magias, no entregar-se sereno,

 

Num sentimento que é mais que poesia

É você... pleno!

  • Autor: Lisemarie (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 7 de Novembro de 2022 08:55
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários1

  • Poesia, Eu Sou iamai

    Adorei!!
    Tem mais?

    BRAVO!!! ???

    • Lisemarie

      Boa tarde, Poeta!
      Obrigada pelo gentil comentário!
      Estou me ambientando...
      Brevemente publicarei outros escritos.
      Saudações!



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.