Rosa Desirre

Primavera outra vez

 

Foi na primavera que te conheci

E na primavera me despedi

Entre versos e flores a ti dediquei

O meu amor.

Hoje aqui caiu uma garoazinha de tristeza

Correu um vento aborrecido

E a saudade querendo abraçar o sol.

Hoje a esperança já nem suspira

Já nem espera por nada

Sem amores e nem intrigas de paixão.

Com a paisagem trocada

E o coração esvaziado me lembrei

Que hoje aqui é primavera outra vez...

 

*Rosa Desirre

 

 

Comentários5

  • LEIDE FREITAS

    Um poema lírico, melancólico e muito bonito.

    Boa noite, cara poeta Rosa Desirée!

    • Rosa Desirre

      Obrigada Leide
      Abraços!

    • Maria dorta

      Bem-vinda de volta! Teu poema revela a nostalgia de um amor que se foi. Mas sabes bem que,assim como o ciclo das estacoes, outro or sempre vem. E se não vier, haverá sempre o auto_ amor! Bom poema.

      A

      • Rosa Desirre

        Obrigada poetisa,belas as sua palavras.
        Abraços!

      • Ernane Bernardo

        Que lindo poema recheado de lirismo, a primavera agradece. Parabéns poetisa Rosa Desirre, abraços poéticos.

        • Rosa Desirre

          Obrigada Ernane
          Abraços!

        • Antonio Olivio

          Poema cheio de esperança e de amor para receber esta estação maravilhosa!!!
          Parabéns Poetisa!!!

          • Rosa Desirre

            Obrigada poeta Antonio Olivio
            Abraço!

          • Vilmar Pereira

            Eu gostei do teu poema "Primavera outra vez", mesmo com o lirismo sorumbático do teu eu-lirico. Um abraço e tenha uma boa tarde!

            • Rosa Desirre

              Obrigada poeta Vilmar Pereira
              Abraços!



            Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.