Taís Andrade

Somos.

Ela sorri com os olhos
Nele vejo toda sua luz
Essa luz já se enfraqueceu com amores rasos, promessas falsas
porém nunca se apagou
ela refloresceu, renasceu 
Ela sou eu, você
E todas as mulheres incríveis
que passam por situações de negligência diariamente 
Jamais deixaremos que tirem nossa essência, somos resistência!

Comentários1

  • SANTO VANDINHO

    Reflexiva e perfeita advertência sobre a Mulher ! Não sei por que a Mulher foi e é tão sofredora nesse Universo Machista que saiu e sai e sempre sairá delas ? ! Paz e Bem Poetisa !



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.