Kris Rô

Enfado

Entrei no túnel do tempo
Cheguei nesse momento
Como sopro de um vento
Buscando sentimentos
Só encontrei o desalento
Retorno com o vento
Para o túnel do tempo
Pra buscar o esquecimento.

Parei nessa viajem
Pois não trouxe bagagem
Pensei tudo é bobagem
Olhar pra essa imagem
Fria sem mensagem
Prefiro a paisagem

Agora sossegado
Não me lembro do passado
Lá tudo é enfado
Não precisa ser lembrado
Estou agora equilibrado
Preciso ser amado
E não questionado

Vou ficando por aqui!

Não há mais o que ser falado

não preciso ser lembrado
Pra quem leu Até o fim

Meu Muito obrigado!

  • Autor: Kris Rô (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 24 de Junho de 2022 11:43
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações:

Comentários2

  • Maria dorta

    Pois bem,li até o fim o teu poema,bem ritmado e por isso te aplaudo aqui. Bela composição poética!

  • Kris Rô

    Obrigada...forte abraço.!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.