len

verdadeiro EU

você não sabe o que está fazendo,
achei que já teria largado essa ideia à 3 anos atrás,
isso está levando muito tempo, sempre se lembrando do que fizeram com você,
mesmo que hoje em dia eles mal sabem quem é você,
a inexistência do perdão dentro de ti, assusta. 

não existe nunca uma decisão perante à você, 
 ?"?o? ?q?u?e? ?v?o?c?ê? ?g?o?s?t?a?r?i?a? ?d?e? ?f?a?z?e?r???"?  eu não sei,
 ?"?v?o?c?ê? ?p?r?e?c?i?s?a? ?c?o?n?t?i?n?u?a?r?,? ?d?ê? ?u?m?a? ?c?h?a?n?c?e?.?"?  por que.
POR QUE SOU EU QUEM PRECISO DAR UMA CHANCE? POR QUE 
POR QUE POR QUE POR QUE POR QUE POR QUE POR QUE?

PAREM DE OLHAR PRA MIM DESSE JEITO!
"?e?s?t?e? ?é? ?s?e?u? ?r?e?f?l?e?x?o?,? ?e?s?q?u?e?ç?a?-?o?s?.?"?  eu não consigo,
não consigo não odiar tudo que é relacionado a mim, 
parar de odiar o falso sentimento de indiferença em relação a tudo,
me deixe pular, me deixe pular desse arranha céu agora,
me deixe escapar dos becos sem saída.

"?q?u?e?m? ?e?s?t?á? ?t?e? ?i?m?p?e?d?i?n?d?o? ?n?ã?o? ?s?o?u? ?e?u?,? ?v?o?c?ê? ?e?s?t?á? ?c?a?d?a? ?v?e?z? ?m?a?i?s? ?l?o?n?g?e? ?d?a? ?p?o?n?t?a?.?"?
por favor, pode dizer que me ama? mesmo que seja mentira, tente dizer,
"?v?o?c?ê? ?n?ã?o? ?m?e? ?p?e?r?m?i?t?e? ?f?a?z?e?r? ?i?s?s?o?,? ?q?u?a?n?d?o? ?t?e?n?t?o?u? ?c?o?m?e?ç?o?u? ?a? ?c?h?o?r?a?r? ?e? ?s?e? ?m?u?t?i?l?a?r? ?m?ú?l?t?i?p?l?a?s? ?v?e?z?e?s?,? ?
s?e?r?á? ?q?u?e? ?a?o? ?i?n?v?é?s? ?d?e? ?o?s? ?p?e?r?d?o?a?r?,? ?n?ã?o? ?d?e?v?e?r?i?a? ?s?e? ?p?e?r?d?o?a?r? ?p?r?i?m?e?i?r?o???"?
me deixe aqui, apenas me deixe e repita o ciclo novamente.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.