O Sonhador mor

Viagem

Eu quero que você me ame
enquanto estou aqui
que me de um abraço
e me faça sorrir.

Pois a vida é tão curta
é um vento que passa
de alguém que sem graça
deixando saudades
resolve partir.

Uma viagem sem volta
um lugar tão distante
que se chega tão rápido
em somente um instante.

Com passagem de ida
sem direito a voltar
não se leva bagagem
para não se cansar.

Os amigos chorando
a família também
e você tão sereno
não ouvindo ninguém.

Já ficaram pra trás
o amor e as dores
logo todos se vão
só ficando as flores.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.