Tathiley

Grito

Grito,

Por cansaço, de estar

sem saber exatamente

o que acontece dentro do espaço,

do descaso, do mal estado, desesperado.

O grito

que leva ao nível de estar esgotado,

encontrando o indisciplinado,

desgovernado.

Excesso escorrendo pelo ralo.

Meu jeito mal amado,

próprio inimigo declarado.

É por aí que me deparo

como é ser julgado,

se sentindo magoado.

Indiferente, diferente .

Gente ficando carente

do grito que cala com a gente.

Comentários2

  • CORASSIS

    O grito e suas maneiras
    desabafo ou revolta ,
    Parabéns poetisa pela inspiração , abraços .

  • Anny

    Belo poema, Tathiley! Bom de se ler, versos bem definidos. Parabéns! Um feliz final de tarde, muita inspiração!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.