Gisele Cunha

"Vai ter Festa na Floresta"


Aviso de ausência de Gisele Cunha
NO

Público infantil (Fábula)

(O Pasarinho e o Macaco vão festejar a vida da amiginha Borboleta)

O pássaro Esperança e o Macaco tirado a esperto, resolveram da uma festa na floresta, para sua amiga borboleta que se chamava Sabedoria, discordaram desde da lista de convidados. O pássaro queria arrecardar mudas de plantas no lugar dos presentes, pensando no bem que faria a todos já que a floresta, encontrava- se devastada por conta da interferência humana.

O Macaco logo se aborreceu, pois somente queria convidar os animais que contribuissem com os presentes mais caros e além disso todos teriam que cooperar com o seu egoísmo levando para ele um cacho de bananas sua fruta predileta.

A Borboleta muito sábia estava desconfiada que eles estavão  aprontando alguma coisa. Então ela resolverá fingir que já ia embora, quando os dois começaram a discurssão.
Ela se apresentou e os dois ficaram assustados com cara de espantos
E logo eles na mesma sequência perguntaram, há quanto tempo que você está ai? 

A Borboleta falará em suas palavras, carregada de sabedoria que algo estranho estava acontecendo. Não precisa mentir para mim ouvi tudo, agora vocês vão me escutar! Macaco por gentileza se empindure sobre os galhos da árvore agora, e Pássaro fique sobrevioando a minha frente precisamos dialogar. Eles logo obedecerá e ela Começou a falar o gesto nobre de fazer minha festa de aniversário me deixará muito feliz. 

Vamos nós unir para refletir como podemos festejar esse dia tão importante, o nosso hábitat é grande cabe todos, concordo com a ideia do pássaro em cada um trazer uma plantinha pois nossa mata está precisando respirar ar puro. 

Seu pensamento amigo Macaco tem ser revisto, nem sempre os animais que tem uma condição melhor, vai pensar em me presentear com algo caro só pelo fato de ser meu aniversário,na vida presente de maior valor é    poder retribuir o amor, através de um abraço, sorriso, do aperto de mão sincero....

Enquanto os doces da festa, cada um poderá trazer as frutas que puderem, não somente a banana como é do seu agrado, mas algo que todos possam se deliciar, com a união e a solidariedade de todos podemos realizar um lindo aniversário e ainda colaborar com toda nossa comunidade. ÊÊÊ é festa!

Autora Gisele Cunha

  • Autor: Ninasorriso (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 18 de Abril de 2022 12:07
  • Comentário do autor sobre o poema: 18 de Abril é comemorado o dia do livro infantil. Então está fábula foi criada para as crianças, que possamos incentiva-los a gostar da leitura. Pois a criança que lê se torna um adulto cheios de ideias.
  • Categoria: Fábula
  • Visualizações:


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.