Nilivek

Sessão de cinema


Aviso de ausência de Nilivek
NO

O seu presente foi uma mala cheia de feitiços de amor,

E eu, que sempre estou reunida com meus sonhos, à beira de Paris,

Nem pensava em outra projeção, a não ser voar contigo.

Mas em todo filme que passa no telão, tem começo, meio e fim.

No final, me levantei e sai daquela sessão de cinema.

Me despedi dos meus sonhos pra viver mais um dilema.

Não te ter do lado, é ainda mais triste sonhando acordado.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.