Egard Yosefh

SUSSURROS

Viajo entre os seus mistérios 

Sigo os sinais do seu pensamento

A cada lembrança que me furtas o equilíbrio

Me perco vagando sem destino 

 

Livre. Leve. Solto no ar a voejar

Preso. Atraído. Sugado pelo desejo do seu olhar. 

 

Ouço sussurros...

Na sintonia das lembranças 

Quando penso fico sem rumo

Quando tu pensas me chamas

 

Quero ir

Quero fugir

Correr 

Voar

Sei lá 

 

Recobro-me do momento...

...viajo entre os seus mistérios

Sigo os sinais do seu pensamento...

Comentários2



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.