Jessé Ojuara

Guerra midiática



Política é complicado
Poucos conseguem entender
Mídia faz por merecer
E desinforma um bocado
Todos mantém abestado
Refém da televisão
Nós perdemos a razão
E adotamos má conduta
O Putin é filho da puta
Mas os outros também são

Americano é bonzinho
Só se for para América
No mundo tem fome homérica
Lá com fartura sozinho
Na terra tem coitadinho
Que sofreu perseguição
País com destruição
Só América na disputa
O Putin é filho da puta
Mas os outros também são

Destroem nome da paz
É preciso se ligar
Pra não ficar a falar
Abobrinha meu rapaz
Pois ora isso não se faz
Desligue a televisão
Não perca sua razão
Logo seu direito amputa
O Putin é filho da puta
Mas os outros também são

Eu pergunto quem deu aval
Só basta olhar para história
Não tem honra ou mesmo glória
E muitos a acham legal
Mais eu discordo afinal
Não passei procuração
Para imperial nação
Usar por mim a batuta
O Putin é filho da puta
Mas os outros também são

 

Comentários4

  • Hébron

    Ótimo e lúcido poema!
    A poesia é instrumento de beleza, esclarecimento e luta! O Putin é filho da puta, mas os outros também são...
    Abraço, meu amigo

  • Jucklin Celestino Filho

    Concordo. O miserável do Putin é filho da puta. Os outros também são. Guerra é a coisa mais escrota! Muitos inocentes morrem por causa de alguns monstros!

  • Shmuel

    Perfeito, Jessé Ojuara! Também temos os nossos FDPs. Imagine esse terraplanista, antivacina, com o poder bélico da Rússia!
    Abraços,

  • Jessé Ojuara

    Poetas e amigos, agradeço os comentários.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.