Jonas Teixeira Nery

amor transbordante


Aviso de ausência de Jonas Teixeira Nery
NO

Acorda amor!

Vem ver essa lua plena,

iluminando nosso leito, nessa fresta!

Cheio de lampejos, essa lua, nessa noite nossa.

 

Vem sem zelo, sem medo, destemida!

Nessa noite prometida, repousante.

Resplandecendo em seu corpo esses filetes,

despindo seu corpo, aos meus olhos reticentes!

 

Acorda amor!

Não deixa que essa lua plena,

devasse meus sentidos, nesse silêncio de palavras...

... nessa noite de desejos, oferecida!

 

Vem, derrama em mim esse manto,

desse corpo seu, nessa noite clara!

Dessa lua descuidada, incandescente,

reconfortando essa paisagem, fascinante!

 

Acorda amor!

Vem ver essa noite, essa lua, essa paisagem mansa,

transbordando melancolia, desfazendo tristeza,

nessa paz, nessa ternura, nesse enlevo desmedido!

 



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.