Jean Luca

Retratos Rasos


Aviso de ausência de Jean Luca
YES

Eu não tenho interesse no desinteresse
Já estive aqui por vezes 
Mais do que gostaria

É tão cruel deixar no limbo
Um amor tão lindo
Que não me pertenceria

Descobri que ser muito
Pra tantos, é pouco
Em uma vida vazia

E sem luz no futuro
Fantasiei-me de escuro
Em um mundo sem dia

Se parti repartido
Acabei sonhando contigo 
E com a minha alforria

Porque na terra do desamor
Não lembrar é ter dor
E um passo é partida



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.