Gipaes

Os lindos tons do mar


O Reino de Netuno está em comunhão com tudo
Com o céu, com as árvores, com as rochas
Do cinza, ao límpido azul.
De todas as formas, a beleza te surpreende
Sinto-me abraçada pelo frescor de suas águas
O vento trás mais de oceano, mesmo fora d'água
Tudo me convida a manter-me lá,
No seu ambiente acolhedor de peixes felizes
Sua profundidade misteriosa e acalentadora
Netuno, permita-me ser sereia de seu reino
Por um dia
Esse sonho estará guardado em minhas
Entranhas
Desejo supremo de fazer parte dessa imensidão
De maravilhas imensuráveis
Fica meu pedido e a esperança
De sua ávida sacerdotisa



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.