Janderson Shady

Apenas mais um dia de luto amoroso Versão 2

Desperto
Ligo o telefone, vejo fotos, tento te alcançar. Você se foi.
Sei que está seguindo em frente, eu que estou tendo dificuldade aqui.
Você que rompeu, então claramente é mais fácil para você não é?
Memórias surgem e divago por horas.
"Isso não vai me levar a lugar algum", penso.
Foda-se o Natal e Ano novo,
Estou um trapo.
Não te ligarei, não enviarei mensagens, você sabe.
Mas não fiz porra nenhuma para merecer passar por isso.
Por que  lembro de você em tudo que faço e vejo?
Por que procuro você em outras mulheres?
Quantos poemas ainda vou escrever para amenizar este sofrimento?
Como você dorme tão confortavelmente sabendo o que fez comigo?
Será que não passou por sua mente que eu te amava loucamente?
Éramos para ficar juntos,  você destruiu este sonho e isso me corrói.
Negação? Raiva? Barganha? Depressão? Dane-se a ordem, vieram numa fusão.
Um gole para as memórias.
Um gole para a dor.
Estou retomando minha razão aos poucos.
Preciso lidar com o fato que você nunca voltará.
Que você nunca me quis de verdade, nos quis de verdade.
Fecharei-me por tempo indeterminado.
Focarei em minha vida e em mim mesmo.
Merda! Acho que estou alucinando.
Vejo a garota do meu primeiro beijo e ela diz "Oi amor , voltei apenas para você não morrer só".
Durmo

 


Janderson Shady
17/12/2021



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.