Geralda Maria Pinheiro Figueiredo Pithon

Sementes Colibris

Sementes de Colibris 

Conforme amadurecemos em nosso caminho espiritual vamos aprendendo a observar a comunicação do Espirito Santo através de absolutamente tudo. Deus, em seu Amor, utiliza tudo que for necessário para que as mensagens nos cheguem e nos ilumine 

Se estivermos atentos o suficiente perceberemos a natureza nos trazendo mensagens que nos ajudarão a compreender algo necessário para o momento portanto observação e sensibilidade são necessárias

Essas mensagens são presentes divinos desse caminho sagrado da espirituidade todo aquele que realmente decidiu olhar para si mesmo desenvolve essas características que ajudarão o iniciado no caminho da autodescoberta

O beija-flor, também chamado de colibri, é um daqueles raros animais que é impossível ser indiferente a sua visita Ele não passa desapercebido e é extremamente comum as pessoas entrarem em silêncio com sua chegada e atentas observarem sua presença, provocando quase sempre reações de admiração

Em algumas culturas ele é considerado a presença de Deus. O beija-flor é um animal delicado, em sua pequenez se faz enorme, é o único animal capaz de voar nas quatro direções e parar no ar em pleno voo, é a única ave que não aceita ser engaiolada pois se for, morrerá tentando sair da prisão imposta

Esse ‘pequeno’ animal é caçador de néctar
 
Todas essas características nos trazem as mensagens sutis que esse símbolo carrega

Se um beija-flor visitou sua vivência espiritual, ou voou em seu sonho ou ainda, de forma ‘inesperada’ apareceu ‘do nada’ em seu dia a dia, sorria, ele é um presente do Grande Espírito, ofertado por puro amor à Natureza, em sua majestosa grandeza, é um mensageiro enviado aqueles cujo coração se fechou em função de sofrimentos, que se sentem desanimados e sem força

Ele traz a mensagem da alegria e nos fala sobre a possibilidade de encontrar uma maneira de se sentir renovados e felizes pelo simples fato de estarmos vivos. 

Através da astúcia, inteligência e graça e não só da força física, o beija-flor nos mostra uma maneira para embarcar em uma nova jornada
É assim que me sinto
Ao entrar nesse submundo dos poetas Colibris
Renovada, amada, gratificada
O beija flor jogou uma semente no meu jardim da vida
E brotou vocês 
Para perfumar o meu viver

Meu Lado Poético 

Geralda Figueiredo 

Comentários3

  • lucita

    E você é hoje mais uma de nós, colibri Geralda.
    Estás caracterizada pelas sua belas e pesquisadas palavras que definiu a nós, poetas colibris, cheios de boas intenções poéticas.
    Digna de ser UMA COLIBRI !

  • Geralda Maria Pinheiro Figueiredo Pithon

    Obrigada, pelo carinho, amiga poeta, Colibri, Lucita!
    Beijo no CORAÇÃO!

  • Shmuel

    Que bonito ver o nosso símbolo (colibri), sendo cantado, em versos e prosas. Querida colibri Geralda Figueiredo, sinta-se acolhida, por todos os outros onze colibris.
    Abraços!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.