wesley santos rabelo

Suadades


Aviso de ausência de wesley santos rabelo
NO


Minha saudade tem nome, tem endereço e tem perfume.
Parte de mim chora em silêncio, e sonha com teu sorriso.
Sonhos estes que desenham suas linhas, e que sorri para não chorar.

O poeta escreveu uma poesia da saudade cruel que sente.
Veio tuas lembranças visitar meu coração, 
Sorrateira como quem não quer nada, trazendo teu sorriso
Teu olhar castanho que me acolhe, e diz que me ama.
Ela me recorda do que meu coração sentiu no passado.

Saudade é amar um passado que ainda não passou.
É não saber como frear as lagrimas.
É sentir faltas dos beijos, e dos abraços que não viveu.
É quando algo morre dentro da gente enquanto vivemos.

A cada verso meu será ausência, notas sem canção.
Uma poesia sem alma, um fúnebre coração.
Uma saudade do tamanho do amor que sinto por você.
Fica a lembrança de tudo que sentimos.

Comentários2

  • Barbara Guimaraes

    Ah! Saudade! Belo poema!

  • Edla Marinho

    Saudade é um tema que veste também meus versos, caro poeta.
    Não é preciso sofrer para fazer poesia, mas o sofrimento muitas vezes geram lindos versos, não é?
    Feliz tarde!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.