Rosa Desirré

Pétalas ao vento

Hoje te procurei

Mas não te encontrei.

Não te vi entre as flores

Do jardim que você me plantou

Onde está jardineiro?

Não veio cuidar da sua rosa

Deixou -me aqui sozinha

Contigo no pensamento

Derrepente o vento soprou

Meus galhos balançaram

E minhas pétalas voaram.

Te espero aqui
No lugar de sempre
Ouvindo o silêncio
À melodia desse vento
Vem cuidar de mim...



*Rosa Desirré 

Comentários4

  • Nelson de Medeiros

    Boa noite poeta.

    Sempre muito bom ler teus poemas de amor.
    1 ab

    • Rosa Desirré

      Obrigada Nelson
      Um bom dia pra você
      Abraços.

    • CORASSIS

      Este jardineiro tem muita sorte de cultivar belo amor parabéns ! abraço.

      • Rosa Desirré

        Obrigada!
        Lindo dia pra você.

      • Shmuel

        Muito lindo! Um poema repleto de encantos.
        Parabéns!

        • Rosa Desirré

          Obrigada poeta Shmuel.
          Abraços.

        • A Queda

          Muito singelo, gostei !! Abraços

          • Rosa Desirré

            Obrigada!
            Uma boa noite pra você.



          Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.