34334344

Linda flor


Brilhe linda flor ao leito do rio do amor que a muito tempo já se secou a um tempo já esquecido que em minhas memórias foi perdido e agora só me lembro de dor brilhe como uma estrela tão bela e cintilante cujo o brilho ninguém pode apagar brilhe eternamente na uma noite escura para que o seu brilho esquente minhas lembranças frias
Brilhe linda flor que já me deu tanto amor cujo o brilho eterno ninguém pode apagar.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.