santidarko

A pequena vendinha da escuridão



Perdoar meu ódio,por ser levado ás margens;----A sujeira da ordem...
O melhor artista,és,aquele que fracassara com o esplendor de sua humilde reverência.

Noites das quais,velhos pensamentos ,serão arremessados ao lixo!
A fresca ferida ,ainda com sua dor pulsante,
(...)criam corpos ,dentro do meu.


A pequena vendinha da escuridão...

 

onde velhos fantasmas,
...elevam, seus altos preços de conselhos.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.