Helder Duarte

Libertação

Tanta gente a sofrer,  tanto calamidade!
No mundo em que eu vivo há  tanta maldade!
Só  vejo destruição! O que se está  passando?
A terra clama, por ajuda! Brame o mar agonizando!

Os céus  clamam, por causa do mal neles habitar.
Tudo geme, todos choram, sem mais parar!
Todos esperam por liberdade que terão!
Toda a criação está na esperança da libertação!

O teu ser está  também chamando por alguém,
mesmo sem tu o saberes, teu corpo, alma espírito!
Por algo, isso sempre teu ser insiste!

Todo o existir, afinal clama por o grande rei,
que já  vem para reinar na sua santa lei!
Ora vem ! Jesus Cristo, príncipe do bem!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.