santidarko

Caminhando sobre os cacos do meu estilhaçado teto de vidro


O feral alvorecer...que cintila o mudo-abismo.
Em eclodidas flamas de velas,
...as missas das melancolias.


A hospedaria de lembranças,
que ofertará ao dia,

o seu exprimir em trismo!


Na trilha que exala aromas de pérolas e sorrisos vencedores;
o reverbero da sorte sobre os ombros surdos ,
de raios solares largos, em brasões juvenis-;

...coroas, aos meros acasos perseguidores.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.