José a Nascimento

Não sou poeta

Não escrevo poesias, escrevo meus sentirmos, as poesia tem a sacudir os que dormem em seus sentimentos, eu escrevo e faço transbordar sobre as palavras àquilo que não a em minha realidade, mais a em minha mente, escrevo palavras explosivas que busco a transformar em versos, não recinto o que escolher a escrever, não escrevo poesia, mais dou asas no que escrevo, e nas palavras eu voou entre o real e fantasia,  mas se minhas palavras tornarem um fardo pra mim, então eu direis, sou um poeta, vou então arrastar minhas palavras por onde eu for, até que toque seu coração, e então das míseros palavras por mim escritas, conquistei você minha linda e eterna criança

  • Autor: Amjo-pena (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 19 de Setembro de 2021 11:26
  • Categoria: Fábula
  • Visualizações:


Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.