Carlos Hades

Perdão!

Perdão!

 

Perdão! Por não te dar razão.
Por não te envolver em meus braços!
Mesmo tendo sua mão!

Por tentar ser de aço! Por ter sempre a  razão.

 

Perdão! Por não te transbordar com minha emoção.
Por não te dedicar aquele toque no violão.

Perdão! Por ver, mas não prestar atenção.

Por achar que não deve haver nada além da razão.

 

Não! Não mereço redenção.

E nem o seu perdão, pois sei o que senti!

Ou não...

 

Queria que estivesse aqui, pra rejeitar meu perdão.
Pra me dizer que mesmo que eu tenha razão;

valeria a pena por um segundo, essa emoção.

Perdão!

  • Autor: Hades (Pseudónimo (Offline Offline)
  • Publicado: 9 de Setembro de 2021 14:30
  • Comentário do autor sobre o poema: Sobre nada e sobre tudo!
  • Categoria: Não classificado
  • Visualizações: 6

Comentários1

  • Edla Marinho

    Boa tarde.
    Tem coisa que a gente deseja ardentemente, não é?
    Bonitos versos sobre nada e sobre tudo!. Feliz tarde!
    Meu abraço.

    • Carlos Hades

      Obrigado poetisa.



    Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.