Samuel Knevitz Silveira

Matemática da paixão

Não, um mais um não é dois
Não pela lógica da paixão
Se a recíproca não é verdadeira
Esta matemática é toda em vão

Comentários2

  • Shmuel

    A conta não fecha, não é mesmo! Poema muito inteligente e perspicaz. Além de poético e sensível no que enuncia.

    Abraços.

  • Barbara Guimaraes

    Não há lógica na paixão! Não! Como entender essa matemática! Alguém entende? Parabéns!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.