Carlos Cordeiro

Pelas Noites


Deito-me em pensamentos todos os dias
Me preocupa se ela esta bem ou se já foi
Ando pelos bares encantado por lembranças 
Ainda vago por essas ruas noturnas
Talvez sinta falta de seus abraços
Pois acordo nas noites a procura
Meus pesadelos me deixaram 
E o que me resta é sonhar
Talvez um dia você se lembre
Quando minhas lagrimas se tornarem álcool
Me encontrando em umas dessas noites quaisquer. 

Comentários1



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.