BALBUENO

Último suspiro dos meus poemas


Quem me dará fosse livre dessa dor, dor de amar.
Amor que dói sem deixar de amar.
Dor que sufoca a inspiração,
que faz o olhar sangrar


O amor veio para ficar, não se quer ir embora
O amor veio para ficar, não perde pela demora
o amor veio para ficar, eu vou dar-lhe um fora
o amor veio para ficar, O meu lugar não é a gaiola



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.