Samuel Knevitz Silveira

Amor remissor

No seu toque, encontrei a perdição
Na perdição, encontrei a culpa
Na culpa, encontrei o perdão
No perdão, encontrei o Amor!



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.