Antonio Cesar Marques

Enquanto o Sol não vêm


Enquanto o sol não vem:
Enquanto o sol não vemrnO seu sorriso me convém.rnTodo dia te contemplar é minha vidarnAliás, quem me dera, se você fosse parte da minha vida.rnConfesso, seu olhar ficou gravado no meu coração.rnSeu nome , guardei na memória, com esperança de com você, fazer nova história.rnrnUm minuto de silêncio; peço desculpas pelo constrangimentornDe ser seu, pouco sei se existirá esse momento...rnMas , saiba, independente de tudo, acredite em meus sentimentosrnAgradeço sua simpatia, sendo assim em você penso com alegria, enquanto o sol não vem ...rn... É só sua ternura que me temrnEnquanto o sol não vem, penso, tudo posso, mas nem tudo me convém. Antonio Cesarrn

  • Autores: Toncé (Pseudónimo
  • Visível: Todos os versos
  • Finalizado: 13 de Junho de 2021 12:00
  • Limite: 6 estrofes
  • Convidados: Amigos (usuários da sua lista de amigos podem participar)
  • Categoria: Carta
  • Visualizações:

Comentários1

  • PB Almeida

    Muito bacana.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.