Carlos Lucena

CIDADE PEQUENA

CIDADE PEQUENA

Cidade pequena não inunda
Quando a água cai em riste
Só o córrego
Corre ao pé do meio fio.
Cidade pequena 
Tem brisa toda hora
E tem árvores com passarinhos.
Tem velho que passa e rir
E tem menino
Que grita e chora.
Cidade pequena
Tem vaca que pasta na praça
Tem moça bonita
Mas também tem moça sem graça.
Tem bebinhos
Dormindo nas calçadas
E os maluquinhos 
Que vivem na rua.
Tem Zé
Rosinha
Titico
Que nascem com o sol
E são amigos da lua.
Cidade pequena 
É uma felicidade
Até a tristeza
É alegria
E quando alguém fica triste
A tristeza vira poesia!

Carlos Lucena

Comentários1

  • Nilivek

    Ahhh que poema lindo!!! é ótimo ter crescido numa cidadezinha.
    Obrigada por me fazer lembrar tantas coisas boas..



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.