LEIDIANE DA SILVA

Alegria ou a dor


Pra que viver sorrindo
Sorrindo da própria dor
Vive dizendo que ama
Mais sofre demais por amo
Pra que vive sorrindo
Vivendo de fantasia
Chorando por um amor
Que te deixou sozinha
Pra que viver assim
Alegre e feliz
Porque no coração
Só restou mágoas e cicatriz
Poriso que agora
Vivo sempre sorrindo
Com alegria
Porque a vida já é uma mentira.



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.