Andre Consalves

Descobrir

Entrei e aqui estou perdido

Me sentindo só na multidão

Por esperar muito de você

Sem dar algo muito querido

 

Querer saber aqui mais e mais

Como um bote mareja no cais

Percorrendo entre versos teus

Encobrindo sim medos meus

 

Descubro os pés gelados

Que buscava os encalorar

Descubro-me resignado

 

Jogo a coberta assim

Sento na borda macia

Descubro vazio em mim

 

 

 

Comentários1

  • Lady Hawke

    O vazio é o intervalo de cada respiro
    um desfalque do inicio ao fim
    são as lacunas da vida.
    Abraços



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.