Martin Rodrigues

Sem Saída

Sinto-me vazio.

 

Como se um pedaço do meu coração
se haverá tornado
parcialmente em decomposição.
Vulnerável até mesmo a dor mais fraca.

 

Mas não me julguem,
até mesmo as facadas mais tênues matam,
e conseguem derramar
o sangue do meu pesar.

 

Dor e sofrimento,
insegurança ou medo de te perder
ainda que nada,
o possa converter...



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.