Cláudio silva

Coração



Ha! coração tão magoado,

Que vai sendo massacrado.

Pela vida pelo amor.

Ha! mais não faz mal,

A vida passa e com ela as trapaças,

De um amor que terminou.

 

Eu que me sentia sózinho,

Me entreguei aos teus carinhos,

Lhe dei todo o meu amor.

Mais você não deu valor,

E agora eu tão triste.

Já não posso suportar,

A solidão que em mim existe. 

 



Para poder comentar e avaliar este poema, deve estar registrado. Registrar aqui ou se você já está registrado, login aqui.