//meuladopoetico.com/

Shmuel

Coração traquino

Meu coração vaidoso
Fica inventando histórias de amor
e do nada entoa cantigas apaixonadas
Rompe as madrugadas frias 
devorando Romeu e Julieta
Quase caminha por Verona,
na verdade, em devaneios caminha.


Este coração brincador
fica de prosa com a lua
Como se a impávida e esplendorosa
fosse a madrinha de todas as paixões, e mazelas amorosas
Lua, tão linda lua,
Vaga nua
sem ruborizarse,
Provoca o mar
em um brejeiro aproximar.


Este coração moleque
não quer crescer
É como jovem no baile
só quer aparecer
E se possível, dançar abraçadinho
com a mais linda da festa, você!


Moça linda, cujo sorriso encantou-me
por acaso viste, por ai, o meu coração a deriva!
Caro amigo pescador, pergunto-lhe
assim meio tresloucado
não fisgaste um coração
sonhador, nestas águas, 
não tão piscosas
E o descartou as margens!             
Se assim fizera,    
Sei que não foi por descuido 
Talvez, tenha imaginado,
tratar-se de uma bota velha.


Ah! Este coração oportunista
se engraçou pela solista
Só para assistir a ópera
Mas insisto ao pescador
caso pesque meu coração
entregue pra\'quela dona
cuja chalana
se distância aos poucos dos olhos meus.


Ah! Este coração pivete
me põe em cada situação
Coisas de coração pueril,  
coisas de lua, e de poeta.