//meuladopoetico.com/

Melancolia...

Ah, Que Bom VocĂȘ Chegou!

Dias de luto diante os meus olhos,

Nada se faz alegre dentro de mim,

A sutileza de um dia de sol raiando

Me trazia lágrimas nos olhos, era o fim.

 

A dor alastrando-se em meu peito

Causando tormenta e grande dor,

No profundo eu sentia um vazio imenso,

Ofuscado pela falta de um único amor, sem cor.

 

Amor aquele que, todos os dias,

Desaguava nos braços de outra vida,

E eu aqui, tendo a plena convicção

Que o meu coração, não tinha mais saída, ferida.

 

Passaram-se o tempo rápido,

E ao mesmo tempo bem leve,

Me trazendo um ânimo apático

E um coração se definhando, breve.

 

Não sinto mais a dor da angústia

Meu coração está a adormecer,

Sabendo que esse amor que sinto por ti

Nunca mais irá renascer, sobreviver.

 

Nesse âmago de sofrimento,

Causados pela dor, tristeza e agonia,

Grato está o meu findo coração,

Ah, que bom você chegou, melancolia!