//meuladopoetico.com/

Ana Mar

Batom encarnado

 

O olhar estava na boca que um dia se perdeu

O amor estava na forca que a guerra concebeu

 

Ana Mar