//meuladopoetico.com/

(Neiva Dirceu)

A oração do escritor

A oração do escritor,

São pensamentos...

É grafia desenhada à mão

É desejo, é transformação

São inspirações que enobrece

Nasce do interior, favorece.

 

A oração do escritor,

Não é sombra que passa

Mas pensamento que prevalece.

É inspiração que não ultrapassa

É o desejo de publicar que fortalece.

 

A oração do escritor,

É letra, é tinta, se repartindo em aquarela.

É verso, parágrafo e estrofe que se atrela.

Faço das letras união, para que outros filosofe.

De pensamentos desordenados

Reinvento mesmo na catástrofe,

Pois, as vezes são pensamentos alienados

Mas, Todo tempo reinvento

Nasce de dentro, não aumento.

 

A oração do escritor

Se reparte, escreve em letras.

A cada letra transforma-se em flores,

Com tintas de tantas cores

Rosas, azuis, verdes e violetas

É uma oração, um arco-íris, uma borboleta.

E tudo escrito não pode ser visão obsoleta.

E nem mesmo ser guardadas em maletas.

 

 

 

Neiva Dirceu (ND)

Setembro/2022

Sob a proteção da lei de direitos autorais – Lei 9610/98