//meuladopoetico.com/

Shmuel

Pífios mestres

 

Teu sorriso entres dores,
Um alívio, uma brisa,
Todos esses anos vividos, 
não me deram sabedoria,
diante da sua breve vida,
No calabouço me recolho,
Vou reaprender no silêncio,
A raiva, ódio, os ressentimentos
Pífios mestres
Que por vezes consultei,
 Caminhos imperdoáveis
que com certeza trilhei,
por orgulho, insegurança,
esta cartilha adotei,
Peço perdão, fui negligente,
estava cego e via,
Foi um erro
Peço perdão, rejeito tudo que fiz,
Estava tomado pela maldade
Faltou-me inteligência,
Confundi tudo,
Ética, moral, caráter, dignidade
Li os livros errados,
fui um aprendiz desastrado,
De tudo me arrependo,                   fui horrendo, fui feio 

Deveria ter sido mais paciencioso
 e deixado os dragões me consumirem,
Fui fútil, fui coiote,
Antes fosse o cordeiro.